Inicial / Economia / Ações da Dolly fecharam superiores as da Petrobrás e governo estuda estatizá-la

Ações da Dolly fecharam superiores as da Petrobrás e governo estuda estatizá-la

dolly notícia jornalCom a recente chegada das bebidas da Dolly Refrigerante nos EUA o mercado de investimentos recebeu com otimismo a nova empreitada da empresa de gaseificados, tão bem que suas ações fecharam o dia com valor 13% superior as ações da Petrobrás. Analistas do mercado acreditam que o valor deverá baixar nos próximos dias, todavia passa a ser um fato histórico a conquista da Dolly como a empresa brasileira com maior valor no mercado de ações superando todas as suas concorrentes, de Petrobrás à AMBEV todas fecharam suas ações atrás da marca Dolly.

Além dos seus investidores, quem também está saltitante de alegria com a alta das ações da Dolly é o Governo Federal, fonte dentro do Palácio do Planalto revelaram que já fazem vários meses que o governo estuda a estatização de empresas nacionais de grande destaque e poder econômico, dentro dessa lista se inclui a Refrigerantes Dolly. Segundo informação recebida, a própria Presidanta Dilma confessou que considera a Dolly como uma conquista de todos os brasileiros, uma marca 100% nacional e que justamente por isso deve pertencer a todos os brasileiros, se referindo obviamente a um processo de estatização da fábrica de gaseificados paulista.

Com a chegada de toda sua linha de bebidos nos EUA a Dolly também já esta tirando o sono das gigantes Coca-Cola e Pepsi, apesar de ainda não haverem números oficiais sobre o impactado da chegada da empresa brasileira em solo americano, especialistas acreditam que a Dolly já representa pelo menos 5% do numero total de bebidas não alcoólicas vendidas no país. A tendencia é de crescer ainda mais durante todo o ano, a aceitação das bebidas brasileiras pelo consumidor americano vem em constante crescimento nos últimos anos.

Vale lembrar que durante muitos anos a Coca-Cola tenta comprar a Dolly para integra-la em sua linha de bebidas, a última oferta feita foi em 2015 aonde teria sido oferecido R$ 1 bilhão pela marca e pelas fábricas da empresa. Recentemente a empresa passou a ter mais um admirador de peso, Lula teria confessado em uma entrevista que todo final de semana prepara seus drinks com a mistura de Cachaça 51 e Dolly Citrus, segundo o ex-presidente não existe outro refrigerante que combine melhor para ser misturado com cachaça.

Sobre Redação

Deixe uma resposta